sexta-feira, 30 de setembro de 2016

DESFILE CÍVICO


A Creche Municipal Octávia Búrigo Gadzinski “Morada da Alegria”, homenageou no dia 7 de setembro (Dia da Independência do Brasil) uma das primeiras famílias colonizadoras, a “FAMÍLIA CECHINEL, em 131 anos de história do município. Paolo Cecchinel era o “capo” da família. A vinda para essa região deu-se pela existência do Rio Cocal, pois seu projeto era a instalação de uma pequena Atafona movida a água para a moagem de milho, sendo esta a primeira indústria que se instalou em nosso município. ( Hylário Ernesto de Fáveri,João Carlos de Perellegrin de Souza,p.49,2006 ).



Nós só temos a agradecer a perseverança deste povo que aqui chegou e construiu esta terra que temos orgulho de herdar e deixar para os nossos filhos, netos e bisnetos.   O Reconhecimento as todas as famílias do nosso município por escolher Cocal do Sul para edificar a sua história.Parabéns para as crianças, pais e responsáveis, aos profissionais  pela participação ilustre neste Desfile Cívico.
4ª FESTA FAMÍLIA



A Instituição de Educação Infantil  Octávia Búrigo Gadzinski “Morada da Alegria”  realizou no dia 19 de julho, a 4° Festa da Família. Evento que integrou as crianças, pais, professores e familiares para um momento de confraternização. Durante o encontro, os pais e responsáveis  prestigiarem as apresentações das crianças que brilhantaram este momento. 


A diretora Janaina da Soler agradece a todos os pais pela presença e a equipe de funcionários e Secretaria de Educação, Esporte e Cultura pelo apoio concedido para a realização deste evento.




segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Na rotina planejada, o espaço para aprender





cotidiano de uma creche tem de contemplar muitas propostas de trabalho: é preciso coordenar atividades de sala, das brincadeiras aos cuidados, garantindo momentos de aprendizagem de modo articulado. Por isso, o planejamento é fundamental. Programar-se de modo minucioso, levando em conta as particularidades de cada criança e se mantendo atento ao que ocorre à sua volta, é a melhor forma de garantir que os pequenos aprendam em grupo.     Ciente das etapas do desenvolvimento infantil, as professoras desenvolveram  atividades para proporcionar uma multiplicidade de experiências para as crianças, visando fortalecer a autonomia, o conhecimento do corpo, a linguagem oral, a expressão de sensações por meio de falas e gestos e as expressões artísticas, entre outros. Além de planejar as atividades pedagógicas, é preciso também programar os momentos de banho, trocas, alimentação, sono das crianças e participar com eles. Isso é essencial para o desenvolvimento de vínculos afetivos. É necessário lembrar que, nessa faixa etária, as mordidas e o choro também são maneiras de comunicar-se entre eles. A relação com os pais ajuda a conhecer as particularidades de cada criança e a planejar atividades diversificadas. Cada atividade desenvolve uma competência, e isso não ocorre da mesma maneira com todos. Por isso, é importante planejar pensando nas especificidades de cada um do grupo. Não dá para fazer uma lista única de objetivos para todas as crianças.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

OBSERVANDO, EXPERIMENTANDO,DESCOBRINDO, A NATUREZA COM OS BEBÊS.

Desde cedo as crianças convivem com fenômenos naturais e sociais. Curiosas, querem descobrir e decifrar o mundo que as cerca, saber como as coisas se transformam, por que acontece isso e não aquilo.
Na Instituição de Educação Infantil Morada da Alegria as professoras proporcionaram atividades planejadas no ambiente externo, pois as crianças desde cedo convivem com fenômenos naturais e sociais. Curiosas, querem descobrir e decifrar o mundo que as cercam, saber como as coisas se transformam, por que acontece isso e não aquilo.
No parque as crianças vivenciaram novas  experiências  onde observaram  cores, o contato com texturas, ouviram  sons, sentiram cheiros, sabores, aprendendo sobre o ambiente ao qual estão inseridas de forma prazerosa e divertida .

Olha escuta...

         Toca ...


Experimenta ...

Aperta ...


ENTRE AS SOMBRAS E LUZES


Desde muito pequenas, as crianças se encantam com a luz e prestam muita atenção às sombras e seus movimentos, os bebês da Instituição de educação infantil  Morada da Alegria  tiveram a oportunidade de vivenciarem experiências  através de luzes e sombras.


Luzes e sombras têm realmente sua poesia. Oscilantes, mais ou menos intensas, elas brincam, dando formas e movimentos. Essa atividade  tem sido utilizado para encantar, sentir e fazer sonhar. Portanto, crianças são atraídas pelo jogo das luzes e das sombras. Quem trabalha com bebês e com crianças bem pequenas sabe como uma fonte de luz pode chamar-lhes a atenção, e como o simples “acende e apaga” se transforma numa divertida brincadeira.





quinta-feira, 10 de setembro de 2015

EXPERIMENTANDO,DESCOBRINDO, CRIANDO .....




A Educação Infantil é um espaço incentiva, cultiva e considera as produções de cada criança. É nas relações que as crianças estabelecem com as linguagens plásticas (desenho, pintura, escultura, colagem e construção) que o processo criativo se constitui. A função do professor de educação infantil é proporcionar  experiências estéticas, os repertórios artístico-culturais e as vivências lúdicas das crianças.


Para ampliar o repertório da turma mista as professoras Maria Conceição Bosa, Fernanda Ribeiro e  Vanilde  F.Debiase contaram  as crianças a  história:  “ O Pássaro sem Cor”.Após a conversação da mesma, criaram e construíram  com materiais recicláveis ( caixas de leite, papelão, entre outros)   uma casinha de passarinho. As crianças neste momento expressaram-se, desenhando, pintando e modelando, a partir de suas necessidades e desejos.
ERA UMA VEZ UM GATO XADREZ, QUER QUE EU CONTO OUTRA VEZ?




As crianças chegam às instituições de Educação Infantil já possuindo um repertório como: contos de fadas, fábulas, lendas e personagens advindos da cultura televista.

Para as crianças pequenas o repertório é um pouco limitado, e o trabalho deverá ser ainda mais compartilhado com as famílias sempre que possível. As professoras Rosana e Carolina, da turma do maternal I realizaram a contação da história do gato xadrez através dos fantoches de vara e a dramatização da história com o desfile do gato xadrez.

Com a participação das famílias e dos profissionais foi confeccionado as viseiras coloridas. Cada criança representava uma cor de gato, o desfile foi apresentado para todas as turmas da instituição. As crianças participaram relatando a cor do gatinho e imitando o mesmo. O momento foi de interação e aprendizagem entre as crianças